Notícias

ESMPU convida membros a responderem questionário de pesquisa sobre ortonásia

Levantamento faz parte de projeto aprovado pela Câmara de Desenvolvimento Científico da ESMPU
publicado: 18/04/2018 16h41 última modificação: 18/04/2018 16h57
Ilustração

Ilustração

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) convida todos os membros do MPF e MPDFT a participar do estudo “Avaliação da percepção diferencial entre médicos e membros do Ministério Público a respeito da limitação e suspensão de terapias de suporte artificial de vida no Brasil.” A pesquisa será encerrada no dia 30 de abril e visa avaliar a percepção de médicos e membros do Ministério Público sobre a limitação e suspensão de tratamentos mediante a avaliação de casos específicos. O questionário pode ser acessado pelo site https://pt.surveymonkey.com/r/percepcaoMPU.

O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital São Rafael, de Salvador (BA), pela rede AMIBnet e pela Câmara de Desenvolvimento Científico da ESMPU. O estudo integra o projeto “Ortotanasia: limitação e suspensão de terapias de suporte artificial de vida sob a ótica dos membros do Ministério Público Federal e do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, juízes federais e médicos”, aprovado na seleção do edital de Pesquisa Científica Aplicada 2016, da Escola. 

O tratamento de todos os dados coletados por meio desse formulário seguirá as regras de proteção à confidencialidade. O software de pesquisa on-line possui protocolos de segurança aprimorada para garantir a segurança dos dados. Esse estudo irá gerar relatório específico e potencial publicação em periódico científico.

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5132 / 5126