Notícias

Lançado edital de concorrência para construção de nova sede

Licitação contratará empresa para a execução da 2ª etapa da obra
publicado: 20/08/2018 17h37 última modificação: 21/08/2018 16h12

O edital de licitação para a contratação da empresa que realizará a execução da obra da sede da Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) foi publicado nesta segunda-feira, 20 de agosto, no Diário Oficial União.

Atualmente a Escola divide o prédio com a Procuradoria da República no Distrito Federal. A nova sede estará localizada em terreno ao lado do atual endereço, na Asa Sul, em Brasília. O edifício possibilitará a ampliação dos cursos oferecidos aos membros e servidores do MPU e à sociedade.

Com cinco andares, o prédio abrigará sete salas de aula, setores administrativos e de pessoal de apoio, dois auditórios (150 e 116 lugares), biblioteca, laboratório de TI, estúdio de gravação, garagem, lanchonete com área de convivência, salas de videoconferência, jardins internos para aproveitamento de luz e ventilação natural. Serão aproximadamente 10 mil m² de área construída, que permitirão à Escola incrementar sua capacidade de oferta de atividades acadêmicas (cursos, palestras e eventos).

De acordo com o diretor-adjunto da ESMPU, Alberto Balazeiro, o espaço será um ambiente de integração dos membros e servidores do Ministério Público da União que também estará a serviço da população. “Atualmente a Escola vem ampliando suas atividades abertas ao público, com promoção de simpósios, palestras e exposições. A nova sede permitirá o recebimento de um número ainda maior de pessoas, com mais qualidade e conforto das instalações”.

Também é destaque do projeto a ampliação de possibilidades pedagógicas, uma vez que as modernas instalações foram pensadas para ampliar os formatos das atividades oferecidas. O estúdio de gravação permitirá a produção de conteúdo audiovisual como videoaulas, reduzindo custos de contratação de empresas e locação de espaços.

Outro destaque é a possibilidade de conferência em salas administrativas, transmissão nos auditórios via streaming, além de uma sala com equipamento completo de videoconferência. Os recursos permitem a realização de reuniões com participantes a distância, além de contribuições externas em atividades pedagógicas, gerando economia com deslocamentos e passagens aéreas.

A sessão de licitação para a entrega das propostas pelas empresas concorrentes será realizada no dia 20 de setembro (veja o edital), em ato público. O valor estimado máximo da obra é de cerca de R$ 23,8 milhões e o prazo entrega previsto é de 18 meses. O custo inicial da obra em 2015 era R$ 35 milhões (corrigidos para valores atuais), montante que foi revisto e atualizado proporcionando uma estimativa de economia de mais de R$ 11 milhões.

Renovação – O edital de licitação na nova sede da Escola sai em momento em que a ESMPU começa a elaborar seus objetivos e visão para os anos 2020-2024 por meio da formulação do deu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). O documento reúne informações sobre as áreas pedagógica e administrativa da Escola, além de análise de ambiente, metas e resultados esperados para um período.

O diretor-geral da Escola, João Akira, observa que o momento é de mudança tanto na estrutura como nas bases pedagógicas da instituição. “Nas discussões iniciais do novo PDI já foram definidos como princípios norteadores da ESMPU a pluralidade de visões e a formação interdisciplinar e humanística. O novo espaço certamente oferecerá capacitações alinhadas aos parâmetros de excelência no ensino e pensadas de acordo com as necessidades no nosso público, membros e servidores do MPU e sociedade”.

Acesse edital e anexos.

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5132 / 5126