Notícias

ESMPU promove evento sobre mulheres e direito à água

Mesa-redonda com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, vai abordar violações de direitos no contexto de construção de barragens
publicado: 27/02/2018 16h44 última modificação: 27/02/2018 19h22
Mesa-redonda e exposição abertas ao público marcam o mês de março na ESMPU

Mesa-redonda e exposição abertas ao público marcam o mês de março na ESMPU

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) promove atividades abertas ao público durante o mês de março. Para celebrar o Dia Internacional da Mulher (8 de março) e o Dia Internacional da Água (22 de março), serão realizadas a mesa-redonda “Mulheres e o Direito à Água - violações de direitos no contexto de construção de barragens” e a exposição “Arpilleras: bordando a resistência”. Os eventos são gratuitos. Para participar da mesa-redonda, deve ser efetivada inscrição, sujeita à limitação do auditório.

As ações são resultado de parceria entre a ESMPU e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). A mesa-redonda e a exposição acontecem no momento em que Brasília recebe o Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA), organizado pela sociedade civil, e o 8º Fórum Mundial da Água. Os eventos buscam debater e compartilhar com o público a realidade das violações de direitos no contexto da construção de barragens (hídricas e de rejeitos de mineração).

As atividades chamam a atenção para a expulsão de habitantes de regiões afetadas por construção de barragens, as violações de direitos humanos (como o acesso à água, à terra, à moradia adequada, à saúde) e a forma como mulheres são particularmente atingidas. O evento mostra que a pauta das mulheres ampliou-se atualmente, levando a novas discussões que ultrapassam as questões políticas e trabalhistas.

Mesa-redonda – No dia 5 de março, às 18h, a ESMPU recebe mulheres representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens para um debate sobre direitos femininos e acesso à água. Tchenna Fernandes Maso e Andreia Neiva, integrantes do MAB, dividem a mesa com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge; a subprocuradora-geral da República Ela Wiecko; a subprocuradora-Geral do Trabalho Sandra Lia Simón, a Promotora de Justiça do Distrito Federal e Territórios Luisa de Marillac Xavier dos Passos e a promotora de Justiça Militar Najla Nassif Palma. Os interessados em participar devem realizar inscrição até 2 de março, às 12h, pelo menu “Inscrição e Resultados”, disponível no portal da ESMPU. São 150 vagas (limite da capacidade do auditório). O debate acontece no auditório Pedro Jorge I.

Exposição – A Escola também traz a exposição do MAB, “Arpilleras: bordando a resistência”. Peças de bordado costuradas por mulheres atingidas por barragens estarão expostas, no hall do 1º subsolo da ESMPU, até 23 de março. Popularizada durante o período da ditadura militar chilena (1973 - 1990), a técnica de costura aplica retalhos sobre juta. As “arpilleras”, no Chile, costuravam a história de resistência ao regime político. Introduzida no Brasil, por meio de oficinas de mulheres pelo MAB, o resultado do trabalho é a expressão de relatos de histórias de vida contados e costurados com agulhas e panos.

As atividades organizadas pela ESMPU inauguram o projeto  “30 anos da Constituição Cidadã e 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos”, que trará em 2018 atividades culturais e pedagógicas de extensão (abertas ao público).

A ESMPU não arcará com o pagamento de hospedagem, alimentação, traslado e passagens aéreas para os participantes da atividade. Acesse o edital para mais informações.

Serviço:

Mesa-redonda: “Mulheres e o Direito à Água – violações de direitos no contexto de construção de barragens” 
5 de março, às 18h, no auditório Pedro Jorge I da ESMPU (Quadra 604 – L2 Sul), em Brasília
Inscrições: 27 de fevereiro a 2 de março

Exposição: “Arpilleras: bordando a resistência”
5 a 23 de março, no hall do 1º subsolo da ESMPU (Quadra 604 – L2 Sul), em Brasília
Entrada gratuita, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5132 / 5126