Notícias

Procurador Regional da República representa ESMPU em evento no Japão

Participação é resultado de acordo de cooperação entre a Escola e a UNAFEi para treinamento e promoção de intercâmbio de informações
publicado: 24/11/2017 14h12 última modificação: 24/11/2017 14h13
Procurador regional da República Vladmir Aras representou a ESMPU durante no 20° Curso sobre a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção

Procurador regional da República Vladmir Aras representou a ESMPU durante no 20° Curso sobre a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção

Representando a Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), o procurador regional da República Vladmir Aras esteve em visita acadêmica ao “United Nations Asia and Far East Institute for the Prevention of Crime and Treatment of Offenders” (UNAFEI -  Instituto das Nações Unidas da Ásia e no Leste para a Prevenção contra o Crime e o Tratamento de Infratores), em Tokyo - Japão, durante os dias 16 e 17 de novembro. 

O convite partiu da própria UNAFEI, que solicitou a designação de membro do MPF para curso na cidade japonesa. A escolha pela indicação de Vladimir Aras ocorreu devido à formação requerida, a familiaridade com o tema e com a instituição. Em junho deste ano, a ESMPU e a UNAFEI assinaram um acordo de cooperação para treinamento e promoção de intercâmbio de informações relacionadas aos sistemas de justiça criminal e combate à criminalidade, o que permitiu essa integração. 

Durante sua estadia em Tokyo, o procurador regional ministrou duas aulas como especialista visitante no 20° Curso sobre a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção (UNCAC). Para essa atividade foram selecionados participantes de cerca de vinte países africanos e asiáticos, além de dois alunos brasileiros: um delegado federal e um analista do MPF. Juízes, promotores e funcionários de agências anticorrupção de vários países participaram da formação, entre eles convidados vindos do Quênia, Tanzânia, Sudão, Egito, Iraque, Tadjiquistão, Papua Nova Guiné, Laos, Bangladesh, Mianmar, Nepal e Japão. 

Em suas exposições, Vladimir Aras falou sobre o sistema brasileiro anticorrupção, com reforço de tópicos sobre as ferramentas da Convenção de Mérida (UNCAC), a casuística e as boas práticas adotadas contra esse tipo de criminalidade. Ele também abordou a recuperação de ativos, as técnicas adequadas e casos bem-sucedidos, especialmente para o rastreamento internacional de bens, direitos e valores submetidos a lavagem de dinheiro.

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5132 / 5126