Notícias

Seminário Internacional discute combate à escravidão contemporânea e ao tráfico de pessoas

Representantes da Argentina, Equador, Uruguai, Peru, Chile, Colômbia, Paraguai, México e Espanha se reúnem nesta terça e quarta-feira para discutir dificuldades e trocar experiências na temática
publicado: 19/02/2019 10h32 última modificação: 19/02/2019 11h22

Teve início na manhã dessa terça-feira (19/02) o Seminário Internacional sobre Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas, que reúne procuradores (as) da República e do Trabalho, auditores-fiscal do Trabalho, desembargadoras Federal e do Trabalho, delegados federais e representantes internacionais vindos do Uruguai, Paraguai, Argentina, Colômbia, Espanha, México, Peru e Chile. 

Presente na abertura, o vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, disse que “a escravidão contemporânea destrói não só a possibilidade de ir e voltar, mas, especialmente, a de ser e de estar” e que, por essa razão, a experiência das instituições representadas no seminário lançará luz para que seja possível enxergar as formas contemporâneas de escravidão. Também participaram da mesa de abertura a subprocuradora-geral da República e coordenadora da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF (2ªCCR/MPF), Luiza Cristina Fonseca Frischeisen; a Coordenadora do Grupo de Apoio ao Combate à Escravidão Contemporânea da 2ªCCR/MPF, Adriana Scordomaglia; e a procuradora de Justiça do MPDFT, Eunice Pereira Amorim Carvalhido.

O objetivo do encontro, que é organizado pela 2ªCCR/MPF com o apoio da Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), é possibilitar a troca de experiências e técnicas investigativas entre países receptores e fornecedores de pessoas vítimas de tráfico e trabalhos forçados. Além disso, irá mostrar casos envolvendo o Brasil, discutir e aperfeiçoar técnicas de investigação conjunta.

O evento, que acontece no Auditório Pedro Jorge I da ESMPU (SGAS Av. L2 Sul, Qd. 604), em Brasília, se estende durante a tarde dessa terça-feira com mais três mesas e continua na quarta-feira (20/02), com mais cinco mesas. Veja a programação completa.

 

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5132 / 5126