Apresentação

publicado 11/01/2019 14h53, última modificação 24/01/2019 12h05

A Escola Superior do Ministério Público da União retomou, em 2018, a construção de sua nova sede, em Brasília. O novo prédio ficará ao lado da instalação atual (SGAS 604, Avenida L2 Sul). No total, o edifício terá cerca de 10 mil metros² de área construída, distribuídas em cinco andares, permitindo a ampliação de oferta de atividades acadêmicas a membros (as) e servidores (as) do Ministério Público União (MPU) e à sociedade civil. 

O prédio terá seis salas de aula; ambientes para setores administrativos, de pessoal e de apoio; dois auditórios (150 e 116 lugares); biblioteca; laboratório de informática; estúdio de gravação; estrutura de videoconferência; lanchonete com área de convivência; garagem; e jardins internos para aproveitamento de luz e ventilação natural. As áreas destinadas ao espaço acadêmico (salas de aula, auditórios, estúdio, laboratório de TI, biblioteca e sala da Comissão Própria de Avaliação), terão um aumento de 89%, passando a ocupar 1440 metros² (frente aos 643 metros² atuais). Isso permitirá receber um número maior de público, com mais qualidade e conforto. 

O projeto arquitetônico buscou ainda uma identidade ecológica, preocupando-se com a redução no consumo de energia elétrica em iluminação e refrigeração do ar. A maioria dos ambientes receberão luz natural e, devido aos espaços abertos no interior do edifício, haverá circulação do ar nas áreas comuns. 

Com instalações mais modernas, pretende-se também ampliar as possibilidades pedagógicas das atividades acadêmicas oferecidas. O estúdio de gravação, por exemplo, permitirá a produção de conteúdo audiovisual como videoaulas, deixando os cursos a distância mais interativos. Também haverá sistema de videoconferência e transmissão dos eventos realizados nos auditórios via streaming

Primeira etapa - A obra da nova sede da ESMPU foi iniciada em fevereiro de 2012. A primeira etapa de construção de fundação e estrutura foi realizada pela empresa PW Engenharia e finalizada em março de 2013.