Notícias

PGR e diretor-geral da ESMPU inauguram nova sede da instituição

Solenidade aconteceu na noite desta segunda-feira (16/9) e contou com a presença de autoridades do Ministério Público brasileiro e do poder judiciário
publicado: 17/09/2019 09h45 última modificação: 02/10/2019 12h52
Exibir carrossel de imagens Foto: Antonio Augusto -SECOM/PGR

Foto: Antonio Augusto -SECOM/PGR

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o diretor-geral da Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), João Akira Omoto, inauguraram, na noite desta segunda-feira (16/9), em Brasília, a nova sede da instituição. O momento marca o início de uma nova fase da ESMPU, que, além da promoção de capacitações técnicas, volta-se para a produção científica e interdisciplinar, vinculando ensino, pesquisa e extensão.   

Em seu pronunciamento, Raquel Dodge, exaltou a “grandiosa missão” da Escola que é a de ajudar a fortalecer o MPU. Ressaltou ainda a importância de se investir em educação e na formação continuada de membros e servidores. “A Escola é um espaço da reflexão crítica, de pesquisa técnica e científica e que precisa estar aberta ao que a comunidade tem a dizer”, afirmou. 

Dodge ainda destacou que a ESMPU é a uma das maiores escolas de seu gênero no mundo e que, junto com a nova sede e os centros de apoio, vai conseguir atender às necessidades de capacitação e de produção do conhecimento de todo o MPU.  “O Ministério Público precisa estar pronto para defender a democracia, cumprindo com autonomia e independência sua missão de proteção dos direitos fundamentais. E a Escola é o local ideal para se produzir conhecimento, renovar ideias, e ter atenção aos problemas sociais”, acrescentou. 

Ao abrir a solenidade, o diretor-geral, João Akira, afirmou que a retomada da construção da nova sede foi um desafio, uma vez que a obra estava parada há mais de cinco anos. “Há 19 meses iniciamos a gestão à frente da direção da ESMPU com várias missões, entre elas a de retomar a construção da nova sede. Nesse sentido, a PGR, Raquel Dodge, não mediu esforços para que pudéssemos concluir a obra e superar as dificuldades técnicas e orçamentárias existentes”. 

Segundo João Akira, além da nova sede, desde 2018, a ESMPU vem investindo no aperfeiçoamento pedagógico de suas atividades acadêmicas e na ampliação da participação de membros e servidores em seus treinamentos. Entre as ações estão a criação de cinco centros de apoio em São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belém e Recife; o investimento em pesquisa científica, por meio da instituição de eixos temáticos e transversais e de grupos de pesquisas; e a implementação de programas de extensão. “A ESMPU valoriza a livre circulação de ideias e investe na produção de conhecimento, promovendo um ensino inclusivo e igualitário. Ela está aberta ao diálogo e atenta às necessidades da sociedade”, afirmou. Confira o discurso do diretor-geral na íntegra. 

Para o procurador-geral do Trabalho, Alberto Balazeiro, que até agosto era o diretor-adjunto da ESMPU e esteve à frente do projeto de retomada da construção, a nova sede, muito mais que um prédio moderno e funcional, “significa o compromisso do Ministério Público Brasileiro com a técnica, o conhecimento e a ciência a serviço da sociedade”. “Em um esforço coletivo, conseguimos concluir o projeto, licitar a obra, contratá-la e executá-la, antes do prazo programado. E hoje temos a alegria de ver esse templo do conhecimento pronto”, comemorou. 

A solenidade contou também com a presença do ministro do Superior Tribunal de Justiça Herman Benjamin; do ex-procurador-geral da República Aristides Junqueira; da procuradora-geral de Justiça do Distrito Federal, Fabiana Costa; do vice-procurador-geral da República, Luciano Maia; do vice-procurador-geral Eleitoral, Humberto Jacques; do secretário-geral do MPU, Alexandre Camanho; além de outras autoridades do Ministério Público brasileiro, do poder judiciário, de representantes de escolas de governos e de entidades internacionais e membros e servidores do MPU. 

A nova sede - As obras da nova sede foram retomadas em novembro de 2018, após processo licitatório que contou com a participação de 21 empresas interessadas. A primeira etapa da construção foi iniciada em fevereiro em 2012 e finalizada em março de 2013.  

Com instalações mais modernas, pretende-se também ampliar as possibilidades pedagógicas das atividades acadêmicas oferecidas. O prédio conta com cinco andares. São seis salas de aula; ambientes para setores administrativos, de pessoal e de apoio; dois auditórios (150 e 116 lugares); biblioteca; laboratório de informática; estrutura de videoconferência; lanchonete com área de convivência; garagem; e jardins internos para aproveitamento de luz e ventilação natural. No total, são cerca de 10 mil metros² de área construída. 

O novo prédio fica ao lado da instalação atual (SGAS 603, Avenida L2 Sul). 

Galeria de imagens 
Assista ao vídeo documentário e conheça um pouco da ESMPU.  

Assista ao vídeo da solenidade de inauguração da nova sede:  

Secretaria de Comunicação Social
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: secom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5115