Desenvolvimentismo e ecocídio: causa e (possível) consequência no contexto de ruptura das bases existenciais dos povos originários no Brasil

Flávio de Leão Bastos Pereira – Professor convidado no Programa de Pó-Graduação Lato Sensu “Conflitos Armados e Globalização” da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), no qual coordena a linha de pesquisa “Genocídio dos Povos Indígenas”. Membro do rol de experts da International Nuremberg Principles Academy. Membro da International Association of Genocide Scholars (IAGS). Membro da International Network of Genocide Scholars (INoGS). Professor de Direitos Humanos e Direito Constitucional na Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Doutorando no Programa de Pós-

-Graduação Stricto Sensu em Direito Político e Econômico da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

1 Espoliação, desenvolvimentismo, etnocídio e Estado omisso. 2 Visão relacional. 3 Negligência em relação à Constituição da República de 1988. 4 Ecocídio. 5 Conclusão.
PDF document icon Desenvolvimentismo e ecocídio.pdf — PDF document, 203 KB (208741 bytes)
[ voltar ]