Notícias

Curso discute a relação entre escola e adolescente infrator

A atividade foi uma iniciativa da ESMPU em parceria com o MPDFT. Nos cinco dias de debates, o curso abordou assuntos como a questão da família, as medidas sócio-educativas governamentais e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
publicado: 29/06/2007 15h24 última modificação: 31/03/2017 17h18

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) fechou hoje o curso de extensão A Escola e o Adolescente em Conflito com a Lei. A atividade ocorreu durante toda esta semana, sempre à tarde, e contou a participação de especialistas em relacionamento com jovens, promotores e acadêmicos. Mais de cinqüenta pessoas que trabalham diretamente com adolescentes participaram do curso, entre coordenadores pedagógicos, professores e diretores de escolas.

 

A iniciativa surgiu a partir da constatação da Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude, ligada ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), de que a discriminação no tratamento do jovem infrator tem prejudicado o processo de socialização, ou seja, a reabilitação dele para o convívio social. Somado a isso, há o despreparo de muitos profissionais que lidam com os adolescentes. Daí a idealização da atividade, voltada para discutir temas de interesse dos profissionais que atuam na área.

 

Nos cinco dias de debates, o curso abordou assuntos como a questão da família, as medidas sócio-educativas governamentais e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Eunice Corrêa, uma das coordenadoras e também palestrante, ressaltou a importância da escola como participante na criação dos jovens e afirmou que as pessoas devem puxar para si a responsabilidade de cuidar do adolescente em conflito com a lei. “E o Ministério Público tem tentado cumprir sua função, como determina o ECA”, disse. Bárbara Macedo, analista judiciária na área de Psicologia e palestrante, reforça que “essas ativiadades devem ser mais constantes. Nesse sentido, o Ministério Público está à frente de outras instituições e entidades”.

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5132 / 5126