Notícias

ESMPU abre seleção para especialização em EaD na área de acessibilidade

Atividade integra Programa de Especialização e é direcionada para membros e servidores do MPU e membros e servidores do Ministério Público brasileiro indicados pelo CNMP. Inscrição até 6 de dezembro
publicado: 28/11/2019 15h04 última modificação: 28/11/2019 15h40

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) abriu as inscrições para o curso de pós-graduação lato sensu “Inclusão com Acessibilidade no Trabalho”, ofertado na modalidade a distância. A atividade faz parte do Programa de Especialização lançado no dia 14 de novembro e pretende aprofundar a temática da inclusão de pessoas com deficiência e/ou reabilitadas no trabalho, com exposição e discussão de conteúdos de dimensão teórica e pragmática, visando ao aperfeiçoamento da prática profissional dos participantes.

Estão sendo ofertadas 50 vagas para membros(as) e servidores(as) efetivos do MPU e 5 vagas adicionais para membros(as) e servidores(as) efetivos do Ministério Público brasileiro indicados pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O curso possui carga-horária de 420 horas e é composto por disciplinas que abordarão questões como garantia da inclusão e acessibilidade no trabalho; direito ao trabalho das pessoas com deficiência; visões atuais sobre a condição da deficiência; acessibilidade no trabalho; trabalho escravo contemporâneo e tráfico de pessoas na ótica do trabalho digno e dos Direitos Humanos e metodologia de pesquisa aplicada ao Direito. Confira o projeto pedagógico completo.

O treinamento terá início em 2020, a partir do dia 2 de março, no ambiente virtual de aprendizagem da ESMPU. As inscrições podem ser feitas até às 12h do dia 6 de dezembro. Inscreva-se!

Atividade: Especialização lato sensu em EaD “Inclusão com Acessibilidade no Trabalho”
Início em: 2 de março de 2020
Inscrição: até 12h do dia 6 de dezembro
Capacitadores: José Carlos do Carmo (mestre em Saúde Pública e especialista em Medicina Preventiva e Medicina do Trabalho); Valdirene Silva de Assis (mestra em Ciências Jurídico-políticas e especialista em Human Rights); Izabel Maria Madeira de Loureiro Maior (mestra em Medicina Física e Reabilitação e especialista em Bioética); Mario Cesar Guimarães Battisti (mestre em Filosofia Ética); Regina Maria Thienne Colombo (doutora em Engenharia de Produção); Silvana Serafino Cambiaghi (mestra em Desenho Universal); e Elda Coelho de Azevedo Bussinguer (pós-doutora em Saúde Coletiva e doutora em Bioética)

Mais informações no edital.

Programa de Especialização – Os cursos de Pós-graduação Lato Sensu da ESMPU estão reunidos no Programa de Especialização com o objetivo de promover a educação continuada de membros(as) e servidores(as) efetivos do MPU e do Ministério Público brasileiro indicados pelo CNMP.

A sistematização em programa busca organizar a oferta acadêmica a fim de estruturar a produção de conhecimento e articular as ações de ensino, pesquisa e extensão. Esse formato permite que o aluno planeje seu calendário de capacitação e escolha, entre os cursos disponíveis, a especialização mais efetiva para atender a sua necessidade de desenvolvimento de competências e produção técnica-cientifica.

Estão sendo oferecidos sete cursos de especialização lato sensu, com 350 vagas no total, nas áreas de cooperação Internacional, direitos humanos, gestão de pessoas, acessibilidade e governança da informação. Desde 2017, a ESMPU é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) para a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu.

Acesse a página do programa e veja as informações completas de todas as especializações ofertadas.

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5115