Notícias

Holandesa Mariet Verhoef-Cohen é destaque do seminário sobre Água, Vida e Direitos Humanos

Inscrições para o evento encerram-se nesta quinta-feira (7), às 17 horas
publicado: 06/12/2017 16h44 última modificação: 06/12/2017 16h44
Divulgação CNMP

Divulgação CNMP

A holandesa Mariet Verhoef-Cohen, presidente da rede “Women for Water Partnership”, confirmou presença no “Seminário Internacional Água, Vida e Direitos Humanos à Luz dos Riscos Socioambientais”, que será realizado nos dias 11 e 12 de dezembro, no auditório do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em Brasília. O evento é uma parceria do CNMP com o Ministério Público Federal (MPF) e com a Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU).

Ativista com destaque internacional, Verhoef-Cohen está à frente da entidade composta por 27 organizações e com atuação em 134 países, que tem como missão a luta pelo empoderamento das mulheres como líderes ativas e agentes de transformação no processo de acesso universal à água potável. O trabalho alcança mais de um milhão de mulheres de baixa e média renda na África, Ásia, América Latina e no Caribe, além de Europa Oriental, Cáucaso, Ásia Central e Europa Ocidental.

“Na África e na Ásia ,as mulheres e meninas assumem a responsabilidade primária pela obtenção da água. Elas caminham em média seis quilômetros por dia e gastam até seis horas na tarefa, impactando seu tempo e acesso a oportunidades. Dos milhões de empregos relacionados ao setor da água no mundo, apenas 17% são ocupados por mulheres. Esses são apenas alguns dos fatos que ilustram a importância do vínculo entre água e mulheres”, afirma a especialista.

Mariet Verhoef-Cohen participará do painel “Água, Meio Rural e Populações Tradicionais: Grandes empreendimentos e violações de direitos”, no dia 11 de dezembro, às 14 horas. Também fará parte do debate o procurador da República em Anápolis/GO, Wilson Rocha Fernandes Assis, e a representante do Movimento Xingu Vivo, Antônia Melo.

Confira a programação preliminar do evento.

Inscrições
As inscrições para o “Seminário Internacional Água, Vida e Direitos Humanos à Luz dos Riscos Socioambientais” podem ser realizadas pela internet. O evento é destinado a membros do Ministério Público, juízes, advogados, estudantes, servidores públicos, organizações não governamentais e entidades internacionais. Os participantes receberão certificado com carga horária de 15 horas.

A presidente do CNMP e procuradora-geral da República, Raquel Dodge, fará a abertura das atividades. A solenidade contará, também, com a presença do professor e ministro do Superior Tribunal de Justiça Antônio Herman Benjamin.

Outros destaques
Outro destaque da programação é o italiano Stefano Burchi, presidente executivo da Associação Internacional de Direito da Águas (AIDA). De 1983 a 2008, Burchi atuou no Serviço de Direito ao Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas Para a Agricultura e Alimentação (FAO), exercendo cargos de especialista jurídico e consultor jurídico interno em leis nacionais e internacionais de água para países da Ásia, África e América Latina. O especialista participará do painel “Água no diálogo entre Direito e Ciência: Mudanças Climáticas, Biodiversidade e proteção dos vulneráveis”, no dia 12, às 9 horas.

Também está confirmada, no mesmo debate, a presença do diretor executivo do Grupo Palestino de Hidrologia e conselheiro mundial da “International Union for the Conservation of Nature (IUCN)”, Ayman Rabi. Rabi é autor e coautor de mais de 30 publicações na área, além de membro do conselho consultivo do Fórum Internacional Rosenberg sobre Política da Água e representante nacional para a Palestina na Associação Internacional de Ciências Hidrológicas (IAHS).

Leia mais sobre o seminário
Água, Vida e Direitos Humanos é tema de seminário internacional no CNMP

 

Fonte: Ascom/CNMP

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5132 / 5126