Notícias

Atuação da ESMPU tem avaliação positiva em 2018

Reconhecimento do cumprimento da missão da Escola e contribuição dos cursos para o desempenho no trabalho são destaques
publicado: 28/01/2019 14h37 última modificação: 29/01/2019 15h12

A atuação institucional da Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) em 2018 teve aprovação de 57,78% do corpo acadêmico. O índice leva em consideração a média dos resultados obtidos em cinco eixos avaliativos (Planejamento e Desenvolvimento Institucional – 63,25%; Gestão Institucional – 63,25%; Corpo Social – 54,33%; Desenvolvimento Profissional – 54,33%; e Infraestrutura – 53,75%). Clique para acessar o documento na íntegra. 

Na avaliação, o destaque ficou para o reconhecimento do corpo acadêmico de que a ESMPU está cumprindo sua missão e de que as atividades oferecidas contribuem para uma melhor integração e um melhor desempenho no ambiente de trabalho do MPU. Outro aspecto relevante mencionado no relatório é a satisfação do público externo com o alto nível técnico dos profissionais envolvidos nas atividades da ESMPU, além da grande expectativa com a oferta de mais atividades abertas à sociedade em 2019.

Como pontos negativos, o relatório cita a discrepância no número de cursos ofertados aos membros e servidores, o baixo número de vagas em cursos presenciais ofertadas aos servidores e os critérios de escolha de projetos de pesquisa científica aplicada.

Ao tomar conhecimento do relatório, o diretor-geral, João Akira Omoto, enfatizou a importância das medidas elaboradas ainda em 2018, como as novas regras para participação em cursos presenciais; a inclusão de vagas para servidores em todas as atividades acadêmicas, bem como para o público externo, sempre que possível; a regionalização da execução dos treinamentos a fim de reduzir custos e possibilitar maior participação de membros e servidores do MPU; e a criação de linha e eixos de pesquisa da ESMPU. 

O questionário foi aplicado no período de 28 de outubro a 11 de novembro de 2018 entre integrantes do corpo acadêmico, composto por discentes, docentes, servidores técnico-administrativos da ESMPU e público externo ao MPU. Participaram da pesquisa 754 pessoas. 

O Relatório de Autoavaliação Institucional é produzido pela Comissão Própria de Avaliação (CPA). Além de atender exigências legais, a avaliação possibilita a identificação de necessidades de aperfeiçoamento e serve de subsídio para o planejamento das atividades acadêmicas. 

CPA – Coordenada pelo procurador do Trabalho Ulisses Dias de Carvalho, a Comissão Própria de Avaliação (CPA) da ESMPU tem a finalidade de conduzir os processos de avaliações institucionais da Escola. Sua composição contempla a representação de todos os segmentos da comunidade acadêmica (docente, discente e técnico-administrativo) e de integrantes da sociedade civil organizada. Saiba mais sobre a CPA.

Assessoria de Comunicação
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: ascom@escola.mpu.mp.br
Telefone: (61) 3313-5115