Metodologia

publicado 29/03/2019 18h08, última modificação 29/03/2019 18h08

A elaboração do novo PDI 2020-2024 começou em junho do ano passado, por meio de oficina com a participação dos conselheiros administrativos e dos coordenadores de ensino da ESMPU.  

Além disso, durante a elaboração do Plano de Atividades 2019, foram implementadas ações participativas a fim de refletir a diversidade da comunidade acadêmica da ESMPU; o papel do MPU na sociedade brasileira; e como a Escola, por meio de suas atividades acadêmicas, podem contribuir para a interlocução entre o Ministério Público e a sociedade.  

Todas essas iniciativas ajudaram na formatação da metodologia de elaboração do PDI 2020-2024, fundamentado em dois pilares: diálogo e ampla participação da comunidade acadêmica. Para isso, membros e servidores do MPU e sociedade civil (organizações não governamentais, universidades, escolas de governo e do sistema de justiça, agências internacionais, Sistema ONU, dentre outros) foram convidados a participar de consultas sobre o planejamento estratégico. A ideia é que, de forma conjunta, a ESMPU consiga vislumbrar o que público espera para os próximos cinco anos.  

O documento ainda conta com o envolvimento de todos os setores da Escola para elaboração de módulos descritivos de cada área e definição de objetivos e metas de trabalho.  

O PDI 2020-2024 está previsto para ser aprovado pelo Conselho Administrativo da ESMPU e posteriormente encaminhado ao Ministério da Educação no final de maio. Entretanto, antes disso, haverá o “Fórum PDI” para discussão de textos preliminares e propostas de melhorias ao processo organizacional, análise dos resultados das consultas, elaboração dos textos de discussão, oficinas com grupo de análises e especialistas e análise jurídica.  

Mais detalhes sobre a metodologia podem ser acessados no Plano de Projeto do PDI 2020-2024.